sexta-feira, 5 de junho de 2009

Hoje ouvi conselhos de uma pessoa que admiro cada vez mais: o X Tudo.Não foi um conselho apenas pra mim, mas para todos que estavam naquele ambiente."Em 14 anos nessa escola, eu nunca peguei uma turma em que os alunos sentissem tanta pena de si próprios".Em seguida, contou um pouco da sua infância e em especial de um problema familiar.O caso em si não importa, o que importa é o que ele nos fez enxergar.

Muitas vezes estamos equilibrados numa linha fina e perigosa e a queda para qualquer um dos lados pode machucar duas pessoas especiais.Mas a tentativa de manter esse equilíbrio acaba nos machucando.Enquanto não aprendermos que cada um tem seus problemas e que eles são de responsabilidade unicamente de quem os têm, não aprenderemos a ajudar de forma correta.O conhecimento é uma das consequências do erro e sem isso, a frase de ordem "ação-reação" perde o sentido.

Bom, voltando ao conselho e motivo principal do post: a autopiedade.Certa vez, li algo que dizia mais ou menos assim: o impossível só é impossível até alguém ir lá e fazer, ou provar o contrário.Concordo em gênero, número e grau com quem disse isso.Mas parece que a maioria possui um dispositivo no cérebro que é acionado quando encontra algo mais complicado e árduo de se realizar.Colocamos uma enorme quantidade de empecilhos e desprezamos o grande potencial que temos dentro de nós.

Um dia chega o momento de acordar e infelizmente ele pode ser tardio.Todos podem reprogramar esse dispositivo e quebrar a barreira que impede o pontencial de se revelar, basta querer.E a motivação para isso nada mais são que os sonhos que te instigam mais que continuam reprimidos, eles devem ser o alimento da tua alma e a fonte de energia pro teu corpo.

2 comentários:

lalah disse...

Sem comentários sobre o X, ele é um gênio. Texto bonito Nayara e é a realidade.

Lee C. disse...

a pedra só não voa
porque não quer.
e não porque não tem asa

paulo leminski

um pouco viajante...mas tudo é possivel ate q se prove o contrario