domingo, 21 de junho de 2009

Quanto tempo não passo por aqui.A desculpa não é a viagem porque na verdade cheguei terça-feira, mas ando tão entretida com tantos livros que mau sobra tempo pra internet.
Sobre a viagem: o feriado prolongado serviu pra matar só um pouquinho da saudade do meu mozão,passeei bastante por lugares ainda desconhecidos e o principal: fiz uma boa prova com tranquilidade e confiança, agora é só aguardar o resultado.
Hoje fui na fazenda ver a minha vó,estava com saudades imensas daquela velhinha linda e mais humilde impossível.
Parei pra refletir na velhice.Ganhei um livro do meu namorado no qual um dos capítulos em especial falava sobre essa fase da vida.A maioria das pessoas que convivem com idosos e até os próprios costumam tratar essa fase como um fardo onde nada tem graça ou sentido,para ser bem radical, a maioria se contenta com o que lhes cabe e apenas esperam o seu fim.É triste quando isso acontece.Acredito que todas as idades tem um lado belo e se tivermos abertos à mudanças e nos adaptarmos(não no sentido de conformarmos) nos daremos bem em qualquer época.
Muitas vezes esquecemos que os mais velhos são donos de uma sabedoria incomparável e que é privilégio nosso escutar e prestar atenção no que eles têm a dizer.Por isso o que costumamos observar são idosos sendo ignorados e por consequência preferem se isolar.Não quero ser esse tipo de pessoa que despreza a velhice, quero obter o máximo de conselhos e oferecer toda atenção que for possível.Afinal, o que plantamos, colhemos!
Bom, foi apenas uma reflexão que me perturbou nessa tarde e gostaria que os leitores desse blog também pensassem sobre isso.


obs. nada a ver: hoje começa o inverno, mais frio! :O
Acho bonito a época (apesar que no Brasil não temos as estações bem definidas e isso é uma pena), só não gosto das chuvas.

2 comentários:

lalah disse...

Que bom que fizemos uma boa prova e se Deus quiser dia 9 é nosso trote hehehe.

Lee C. disse...

ja escrevi no meu blog sobre a velhice, hoje td mundo tem medo de envelhecer pq tem medo de ser ignorado, e nao deveria ser assim, os idosos merecem mais respeitos